4 de nov de 2009

E...vai!

Vai...eu tava sentindo falta de São Paulo. A cidade é ótima mas quase me mata, eu não consigo respirar em São Paulo, falta árvore é árido. Por isso, umas cervejas caíram bem. Olha Fabiana Vajman: conheci teu filho Pedro. Ele vestia uma camiseta do Stooges. Dei uns beijos na bochecha dele... Garotinho tímido que gosta de rock. Não são irresistíveis? Talvez a Valentina se apaixone por um carinha assim.

******

Hoje, aproveitando os dias livres, fui ao subúrbio com vovó. Penha, Bonsucesso, Méier. Ponta de estoque da Dress to. Vovó me deu um vestido preto de algodão. Na volta, o motorista fechou a porta e uma mulher com um bebe descia do ônibus. A porta fechou na cabecinha do bebê. O calor ou a tragédia fez com que tudo parecesse em câmera lenta. Levantei no ímpeto de abrir a porta com as mãos e soltava gritos ancestrais de uma mãe antílope que defende outro filhote da manada. O bebê está bem. E eu não vou esquecer a cena.

******

As pessoas tendem a me dar coisas na rua. Lívia disse que é impressionante como eu consigo me virar. Pode ser... Uma mulher na Light me deu um iogurte porque eu disse estar faminta e de regime.


2 comentários:

Carola Medina disse...

poxa..... nem me deu um toque....magoei

Luana Vignon disse...

poizé Camilla, saudade de vc garota. abraço.