19 de mai de 2009

Um conselho, um Exu e a minha vingança contra Sílvia

Funciona da seguinte forma: em um minuto você tem tudo e no outro não tem nada. Nem a previdência social é sólida, tudo é gelatinoso e efêmero. Por mais que o medo de perder as preciosidades invada a sua alma e mente, não quebre o vidro de um Passat ano 83. O Passat pode ser a única coisa sólida da vida de alguém. Por enquanto.

****

Sílvio Santos é um Exu personificado. Tão bom, tão mau...Sempre seguido pelas caravanas.

****

No momento eu gostaria de virar fumaça de cigarro Mallrboro. Algo como se esvair com dignidade.

****

Sílvia, a vizinha, foi funcionária da Petrobras e ganha uma bela aposentadoria. Diferente de mim que ainda estou no início do morro. Eis que Sílvia na última manhã de domingo tocou a campainha e eu abri. Fui muito cordial  porque achava interessante "Sílvia a aposentada independente". Mas ao contrário de todas as minhas expectativas, Sílvia foi rude, muito rude. Ela reclamou do local onde coloquei o lixo. Bem estava certa, mas precisava gritar? Hein, Sílvia? Na hora, como sempre eu não consegui ter uma reaçào a altura e gaguejei. Agora estou planejando uma vingança futura, igual aquele personagem de Notas do Subterrâneo do Dostoiévski. Já pensei em fazer dois atos de vingança:

1 - colocar aquela música do Camisa de Vênus "Sílvia".

2 - esperar ela sair de casa para fingir que falo ao celular "A mas todo mundo tem uma vizinha escrota e velha, sabe? Quem não tem?".

Estou pensando. Sílvia acabou com a minha manhã de domingo, tanto que quase chorei.


3 comentários:

Dom disse...

Tente o segundo ato.

Fred disse...

Faz as duas.

Renata Victal disse...

ahahaha adorei a da música. Vc devia colocar várias vezes, inclusive no elevador ahaha sensacional !