17 de abr de 2009

Um dia você terá uma filha que...




Maggie Taylor


Converso com Luana e o assunto é: filhas. Ela me pergunta se disseram que eu um dia teria uma filha três vezes pior do que fui. Sim, eu respondo. Eu jamais diria isso pra minha filha, por que essa vingança mamãe e vovó? Volto a pensar, ter filho não é legal. Quer dizer, eu não gostei de ficar grávida, não gostei de parir, mas gostei do bebê. Agora, nove anos depois o bêbe berra e não me obedece.


Valentina

"Eu só queria ser normal, ter uma mãe normal, um pai normal."

"E por que eu seria anormal? Sou supernormal."

"Você se separou do meu pai, você me teve com 19 anos, você ainda está na faculdade...queria que você fosse que nem a mãe da Luiza..."

"Tá, a mãe da Luiza é normal. Ela faz o que?"

"Ela vende Avon pra tua informação."

"Eu vendo informação, mas se você quiser eu posso vender Avon, se isso faz de mim normal."

"Você é cínica mãe..."

Todos os dias temos diálogos assim, sinceramente não sei o que fazer. Tenho medo de criar uma aberração, uma maluca, sei lá. Eu me esforço, juro, eu a amo e me esforço. Voltemos para Luana, ela disse;

"Acho que vou levar minha filha a um psicólogo."

"Eu vou levar a um psiquiatra, se for delinquente é bom que eu descubro logo. Sabe, bipolaridade...essas coisas.Nunca mais quero fazer isso Luana, eu digo, ter filhos."

"Nem eu."

Depois que a criança nasce um sentimento se infiltra permanentemente em você: o da culpa. De agora em diante você é uma culpada. Dormiu fora? Culpa. A menina ficou gripada? Culpa. Tirou nota baixa? Culpa. Aí você fica vendo a Madonna e a Angelina Jolie adotando crianças do mundo inteiro, sendo as duas: muito mais loucas do que eu. E a Xuxa criando aquele monstrinho freak? Ivete Sangalo grávida? Aí até que a culpa se esvai um pouco, é porque eu sei que perto delas eu sou uma vendedora premiada da Avon.


4 comentários:

Carola Medina disse...

mina, mina, acho que podemos ser sempre melhores em relação a maternidade. tive filhos para não ficar sozinha, e os que eu não quis eu tirei. simples assim. entao relaxa, mas nunca, nunca mesmo a abandone.

Guilherme disse...

hahahaha, que loucura boa.

Coral disse...

A minha era perfeita. Sério!Per-fei-ta. Aí...virou adolescente...ms tá melhorando...tenho fé...Fé? Isso é que não.
Em Algum Lugar do Tempo.

Luana Vignon disse...

sonhei essa noite que a iara tinha desaparecido, não sequestro, nem morte, ela simplesmente desapareceu... fiquei chocada claro... o que eu faria a partir dali? cudaria da minha própria vida? gastaria todo o meu dinheiro em roupas e uísque? daí o Pierre chegou com uma garota gordinha pra substituir, e eu disse, porra, eu nunca gostei de ser mãe, não sinto falta disso, mas eu gostava daquela garotinha... tira essa gorda daqui agora! hehehe
beijo