29 de nov de 2009

Cinco cigarrinhos :)

Acho engraçado essas pessoas que tomam para si a grande sabedoria do universo. É quixotesco e não há porque brigar. Apenas ouvir e concordar. No final é diversão gratuita. Tem um cara na minha rua que é cheio dos "pra quê isso". Um sábio perdido em Vila Isabel, detentor do bom senso, moral e orientação de vida. Daí que estou eu descendo a rua, super feliz com vontade de fumar um cigarrinho que prontamente acendo. Encontro com ele, lavando o carro. Acho que ele lava o carro todos os dias. Me preparo para fugir dele...

"Camilla! Tudo bem? Que carinha triste é essa? E fumando?"

Tento explicar que não estou triste, apesar de ainda não ter um Yatch igual o da Ana Maria Braga.

"Você deveria ser mais positiva, Camilla - DAÍ ELE COMEÇA UM ROSÁRIO DE LUGARES COMUNS - Sabe, em algumas épocas da nossa vida a gente dá um passo atrás para dar dois na frente no futuro. Então, só não tem jeito mesmo é para a morte. "

"Claro. Mas olha, tá tudo bem comigo."

"Tá mesmo? E por que não larga esse cigarro? "

"Gosto de fumar, uns cinco cigarrinhos por dia, só para fazer a felicidade."

"Ah Camilla...espero que um dia você não seja mais essa pessoa melancólica - COMO ASSIM MELANCÓLICA? - e encontre um rapaz que te faça feliz - ????? - e te aceite como você é, mesmo com uma filha."

Juro por Deus que passo por essas coisas. Juro. Depois dessa besteirada toda, ele disse que tinha que terminar de lavar o carro. Como se eu, EU, tivesse parado pra conversar. Como se EU fosse melancólica. O que posso fazer? Entrar na viagem do cara, claro.

Nenhum comentário: