5 de mai de 2009

Vivo em apuros

Estou em apuros.

Mas meu peito está borbulhando de novo.

Isso é o que vale,

nem Iemanjá nem Deus,

Nem Deus...

Muito menos Ele.

Agora a saudade do futuro,

que planejei há tempos.

E que vou viver daqui a um ano.

Quem sabe?

Deus?

Não, Ele não.

Contudo, você sabe...

quando o peito borbulha e suas pernas queimam,

você sabe,

VOCÊ!

Não será necessário,

comer um pedaço da bunda de um cadáver congelado,

lá nos Andes,

para saber que está vivo.

3 comentários:

fmaatz disse...

duca.

Luana Vignon disse...

camilla, vc é foda, garota. beijo grande

fabiana vajman disse...

...e foda das boa, mina. beijo!